Mais Justiça e mais direitos? Apoie o técnico com diploma de nível superior no PJU!

Cerca de 60% dos integrantes do Poder Judiciário da União são Técnicos. Boa parte deles atuando na primeira instância, onde começam a tramitar os processos.

Esses técnicos desempenham, na prática, funções que já são de nível superior, inclusive com reconhecimento do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que apontou que os técnicos têm atuação jurídica.

Por isso, é urgente a adequação do cargo a esta realidade, valorizando os atuais e futuros servidores e, principalmente, propiciando mais eficiência e igualdade no acesso à Justiça por parte da população, um ponto fundamental para a proteção e a garantia de direitos.

Quem deseja uma Justiça mais qualificada e eficiente, apoia essa ideia!

Fonte: FENAJUFE









FONTE: SINDJUF-PB