SINDJUF-PB solicita providências aos tribunais para viabilizar junto aos bancos a suspenção temporária dos descontos em folha de empréstimos dos servidores

O SINDJUF-PB Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário federal no Estado da Paraíba solicitou, por meio de ofício, aos presidentes dos Tribunais da Justiça Federal, Eleitoral e Trabalhista, uma ação efetiva junto às instituições financeiras (bancos), no sentido de tornar possível a suspensão temporária da cobrança de descontos em folha, por créditos concedidos aos servidores públicos mediante consignação.

De acordo com a direção do SINDJUF-PB, a solicitação da suspensão nas referidas cobranças pede um prazo de, no mínimo, 60 (sessenta) dias, extensível por mais 60 (sessenta) dias ou prazo maior, conforme verificação da necessidade em função do avanço da pandemia.

Conforme justificativa do pedido do SINDJUF-PB junto aos presidentes dos Tribunais, a medida se faz necessária pela excepcionalidade do atual contexto de pandemia mundial, por conta do coronavírus, exigindo medidas também excepcionais, como também pela legítima necessidade de salvaguardar a saúde financeira e subsistência dos servidores e de suas famílias nesse período de calamidade pública.









FONTE: SINDJUF-PB