Parlamentar suspende coleta de assinaturas para apresentação de PEC que extingue a Justiça do Trabalho

O deputado federal Paulo Eduardo Martins (PSC/PR) afirmou esta semana à imprensa nacional, que suspendeu a coleta de assinaturas para apresentação de Proposta à Emenda à Constituição que extinguia a Justiça do Trabalho.

Segundo o parlamentar, diversos deputados alertaram sobre das previsões da proposta. Para Eduardo Martins, trata-se de assunto delicado que precisa ser mais amadurecido.

SINDJUF-PB EM DEFESA JUSTIÇA DO TRABALHO

A luta não vem de hoje. No dia 21 de janeiro de 2019, o SINDJUF-PB realizou um Ato em Defesa da Justiça do Trabalho, em parceria com o MPT-PB, Amatra13, Astra13 e Agepoljus. O evento lotou o auditório do Pleno do TRT-PB em João Pessoa.

Esse ato atendeu chamamento da Fenajufe e aconteceu simultaneamente em todo o país. Vários segmentos da sociedade civil organizada da Paraíba, entre eles a CUT, CTB, o Poder Legislativo Municipal de João Pessoa, representado pelo vereador Marcos Henriques.

Na ocasião, também estiveram no Ato o MPT na Paraíba (representado pelo Procurador Dr. Carlos Eduardo), a Amatra13 (representada pelo Juiz do Trabalho Dr. Marcelo Carniato), a OAB-PB (representada pelo advogado Rodrigo Dalbone), Aatra-PB (representada pelo advogado Daniel Sebadelle), Astra13 (representada pelo presidente Sérgio Teixeira) e Agepoljus (representada por Evilásio Dantas).

Os sindicatos dos Farmacêuticos da Paraíba, dos Enfermeiros, dos Servidores do Detran-PB, dos Bancários, dos Engenheiros Servidores do Estado da Paraíba e o SindSaúde-PB também participaram do Ato.









FONTE: SINDJUF-PB com Portal da Anamatra